23 de fev de 2015

Deixe o momento decidir


Observe a sua respiração com Plena Atenção e permaneça presente no momento presente.

Toda ignorância da mente consiste em não estar no presente. A mente está sempre em movimento: indo para o futuro ou para o passado. A mente nunca está no aqui e agora. Ela não pode estar. A própria natureza da mente é tal que ela não pode ficar no presente, porque a mente tem de pensar e, no momento presente, não há possibilidade de pensar. No momento presente você tem que ver, você tem que ouvir, você tem que estar presente, mas você não pode pensar.
Para pensar é preciso espaço, porque o pensamento é como uma caminhada – um passeio da mente. É preciso espaço. Você pode caminhar para o futuro, você pode caminhar para o passado, mas como pode caminhar no presente? O presente é você. Passado e futuro são partes do tempo, o presente é você, que não faz parte do tempo.
A mente simplesmente não pode existir no presente. Se você conseguir estar aqui, totalmente presente, a mente desaparecerá. A mente pode desejar, pode sonhar – sonhar mil e um pensamentos. Ela pode mover-se para o fim do mundo, pode mover-se para o começo do mundo, mas não pode estar aqui e agora – isso é impossível para ela. E toda ignorância consiste em não saber disso. E então você se preocupa com o passado, o que não existe mais – é absolutamente estúpido! Você não pode fazer absolutamente nada quanto ao passado, pois o passado não existe mais. Nada pode ser feito, já passou; mas você se preocupa com isso, e se preocupando com isso, você desperdiça a si mesmo.
Ou então você pensa no futuro, e sonha e deseja. Alguma vez você já observou? O futuro nunca chega. Tudo o que chega é sempre o presente, e o presente é absolutamente diferente dos seus desejos e dos seus sonhos. É por isso que tudo o que você deseja e sonha e imagina e planeja e se preocupa, nunca acontece. Mas desgasta você. Você continua deteriorando, você continua morrendo. Suas energias continuam andando num deserto, não atingindo nenhum objetivo, simplesmente se dissipando. E então a morte bate a sua porta. E lembre-se: a morte nunca bate no passado, e a morte nunca bate no futuro, a morte bate no presente.
A vida também bate no presente. Tudo o que existe sempre bate no presente, e tudo o que não existe é sempre parte do passado ou futuro.
Sua mente é uma entidade falsa, pois nunca bate no presente. E que esse seja o critério da realidade: tudo o que existe está sempre aqui e agora, tudo o que não existe nunca faz parte do presente. Então tome uma decisão inteligente: largue tudo o que nunca bate no agora. E se você começa se mover no agora, uma nova dimensão se abre – a dimensão da eternidade.

E Osho conta uma história:
Certa vez fiquei hospedado na casa de uma família católica. E numa certa noite o filho pequeno estava brincando no canto da sala com alguns blocos, fazendo alguma coisa. Então, de repente, a criança disse: “Agora todo mundo fica quieto, porque eu fiz uma igreja. A igreja está pronta, agora façam silêncio”.
O pai ficou muito feliz que o menino tivesse entendido que numa igreja é preciso ficar quieto. Para incentivá-lo, ele disse: “Por que é que é preciso ficar quieto numa igreja”? “Porque”, disse o menino, “as pessoas estão dormindo”.
As pessoas estão realmente dormindo, mas não só na igreja, mas em todo o planeta, em todos os lugares. E elas estão dormindo na igreja, porque elas vêm dormindo de fora. Elas saem da igreja, andam durante o sono – todos são sonâmbulos, andam dormindo. E essa é a natureza do sono: você nunca está no aqui e agora, porque, se estiver no aqui e agora, você vai estar acordado!
O sono significa que você está no passado, o sono significa que você está no futuro. A mente é o sono, a mente é uma hipnose profunda – um sono profundo.
Por isso, você pode mudar de religião: você pode se tornar um cristão depois de ser hindu e depois virar cristão. Nada muda a partir disso. Você pode ir mudando de um mestre para o outro, mudando de uma Yoga para a outra. Nada vai ser de muita ajuda, pois a coisa básica não é mudar de religião, de mestre ou de Yoga, mas mudar você – você precisa permanecer acordado!
Sua mente, como ela é, está dormindo. Mas você não consegue sentir como ela está dormindo porque você parece bem acordado, está com os olhos abertos.
Se não houvesse a possibilidade do despertar, então não haveria problema. Se você estivesse absolutamente adormecido, então não haveria nenhum problema. Se você estivesse em coma, então não haveria nenhum problema. Mas você não está em coma, você está dormindo, mas não totalmente. Perceba... Então uma brecha existe. Você tem que fazer um esforço e encontrar dentro de si mesmo essa possibilidade de ficar atento.
Então lembre-se: encontre a atenção, deixe que ela se torne uma continuidade em você 24h por dia, em tudo o que você faz. Coma, mas tente ficar atento: coma com consciência. Caminhe, mas caminhe com consciência. Ame, mas ame plenamente consciente. Experimente!

por Osho

Nenhum comentário:

Postar um comentário