20 de abr de 2012

Pune

Osho Resort


Chegamos em Pune vindo de Mumbai através de trem. A duração da viagem é de 3h e viajamos num vagão de primeira classe. Os assentos são confortáveis e o preço R400 - quatrocentas Rúpias -, que transformada em Real significa R$14,30. Para efeito de cálculo 1 Real (R$1,00) equivale a 28 Rúpias (R28,00).
Cabine primeira classe
Moniquinha em Pune


Para muitos, Pune é sinônimo da famosa Osho International Commune, que está situada no Koreagon Park.
Proximidades do Osho Resort
Moniquinha atropelada por uma vaca - em frente ao Osho Resort


E esse é um capítulo a parte em nossa experiência pela Índia. Infelizmente quem vai em busca do Osho Ashram acaba encontrando um Resort que explora o produto Osho. Lá conseguimos perceber claramente a diferença entre o olhar amoroso, a atenção e a alegria dos Indianos contrastando com a arrogância, indiferença e idiotice dos Ocidentais.

Estou à vontade para falar, pois pratico e conduzo as meditações desenvolvidas por Osho há pelo menos vinte anos com meus alunos e amigos e, sendo essa a segunda vez que visito esse Resort pude observar tudo com mais clareza.

Logo na entrada você fica ciente que só pode visitar o Resort às 14h pagando uma pequena quantia. Para participar das atividades oferecidas precisamos pagar um exame anti HIV, pagar pela carteirinha e pagar uma matrícula. Ainda assim, no primeiro dia você só pode participar das atividades a partir das 16h, pois antes disso você precisa estar presente em um tour guiado onde algum "funcionário" te apresenta o Resort (banheiros, salas de práticas, piscinas, bebedouros e etc...).
Entrada do Osho Resort


Em seguida é necessário ir até a Boutique do Resort para comprar uma roupa especial (uma espécie de robe vinho para todas as meditações e branco para a meditação especial das 19h). É importante ressaltar que você não é obrigado a comprar na boutique do Resort e que muitos vendedores ambulantes vendem as mesmas roupas do lado de fora por um preço inferior. Nesse momento me lembro que o próprio Osho questionava a importância ou necessidade da utilização dessas roupas.
De robe vinho na piscina do Resort

Chegando na boutique somos recebidos por duas pessoas mal humoradas. Percebo claramente que não fazem isso por amor, mas por uma simples troca de algumas horas de trabalho pelo direito de participar das atividades sem pagar a diária. Imediatamente vou a recepção e faço um protesto e, para minha surpresa, me colocam de frente para uma Espanhola (eles não entendem Português e eu não falo Inglês fluentemente). No registro de meu protesto a Espanhola me conta que muitos estão insatisfeitos e que ela mesma pagou por 2 meses e se decepcionou muito lá dentro, mas que eles não devolvem o dinheiro. Segundo ela, ainda faltavam 40 dias para acabar o "pacote" que ela havia comprado no Resort.

Após estarmos devidamente uniformizados somos obrigados a participar de um tour pelo Resort (comentado anteriormente), mas como não falamos Inglês disponibilizaram outra Espanhola - muito simpática - para nos acompanhar. Terminado o Tour iniciamos as nossas práticas.

Me recordo de Osho falando: "montem grupos de meditações ativas em suas cidades, pratiquem em seus quartos e não se prendam ao resultado, permaneçam sempre com a experiência". Parece que ele estava querendo dizer... Não é necessário vir até aqui. E não é mesmo. E Osho dizia: "Seja livre!". Mas por aqui eles monopolizam a marca Osho.

No dia seguinte ao tentar entrar no Resort (pagamos por 3 dias) somos informados que precisaríamos fazer o Tour novamente porque não estávamos com a carteirinha. O problema é que após o tour as carteirinhas são distribuídas e a simpática Espanhola esqueceu de nos informar. Eles estavam irredutíveis e não dariam a carteirinha. Pra quê? Comecei a falar alto e dizer que não precisava da carteirinha pra nada, mas exigia meu dinheiro de volta. Rapidamente as carteirinhas apareceram.
Local de descanso dos Pais de Osho


Antes das práticas somos informados que é proibido tossir, espirrar ou fazer qualquer barulho, mas ninguém está livre de uma pequena tosse ou espirro. A cena que segue chega a ser ridícula. Durante uma meditação um participante espirrou. Pra quê? A pessoa que conduzia a prática sai correndo em direção ao indivíduo que espirrou - suas passadas fizeram mais barulho do que o simples espirro do pobre coitado - e o retira da sala. Nunca vi idiotice maior! E mais uma vez me recordo de uma fala do Mestre Osho: "Ficar em silêncio no alto das montanhas é muito fácil, difícil é ficar em silêncio no mercado. O dia que você conseguir ficar em silêncio no meio das pessoas, aí sim, você chegou em casa".
Osho Auditorium - Pirâmide de mármore
Local de práticas


Todos os dias às 19h tem início o Evening Meeting (Meditação onde é obrigatório o uso do robe branco). Para quem não está familiarizado, essa atividade começa com música de alta energia para dançar loucamente. Após esse momento assistimos uma gravação de alguma palestra / discurso do Osho. É impressionante  alegria e o êxtase nos olhos dos participantes - participantes que estavam na presença do Osho.
Quando termina a apresentação do DVD é impressionante a atitude dos "espiritualizados" do Resort. Eles saem de cabeça baixa, andando devagar, como falsos santos. Tentei dar um olhar ou dizer um olá para os que passavam por mim e, para minha surpresa, eles abaixam a cabeça ou fazem cara feia, como se eu estivesse atrapalhando sua santidade. Chega a ser engraçado.
Piscina do Resort


O que parece é que os "organizadores" esqueceram de assistir, ler e entender Osho antes de explorar a marca Osho. E assim, passam uma idéia totalmente diferente do propósito das meditações do Mestre.

Ah! E quanto ao teste anti HIV? Você paga por isso para participar das meditações? Seria mesmo necessário? Claro que não, mas todos os dias à noite rola uma festinha e provavelmente eles não querem que ninguém entre na justiça por pegar alguma doença nas festinhas do Resort.


Agora o mais importante: Pratique diariamente as meditações desenvolvidas por Osho,  elas são realmente maravilhosas, e o melhor... Você não precisa ir ao Resort em Pune (Índia)! Temos espaços maravilhosos e com pessoas bem mais agradáveis por aqui. Para maiores informações acesse o Blog do Osho - blogdoosho.blogspot.com.br
Osho






Iyengar Yoga Institute


Para os amantes do método Iyengar, Pune reserva a possibilidade de aulas de Yoga no Iyengar Yoga Institute.
Para nossa agradável surpresa, ao visitarmos esse Instituto de Yoga encontramos o velho mestre Iyengar. Trocamos poucas palavras, o reverenciamos e pudemos assistir por um tempo uma prática que estava acontecendo naquele fim de tarde.
Mestre Iyengar


Veja também nossa passagem por outras cidades:
Mumbai  -  Delhi  -  Rishikesh  -  Haridwar

Nenhum comentário:

Postar um comentário