22 de abr de 2012

Índia por Guilherme Jenné


Ficar repetindo que a Índia é um País sujo, com milhões de mendigos é continuar a olhar com a mente lógica e perder a oportunidade de transformar esse olhar crítico num olhar mais amoroso. E isso não tem nada a ver com compaixão.
A Índia é um país de contrastes, onde o novo convive com o velho, onde sadhus (homens considerados santos) convivem com jovens de roupas ocidentais, onde carros de boi trafegam lado a lado com carros luxuosos. E isso tudo dentro de uma harmonia e de um equilíbrio maravilhoso.

As Pessoas
É preciso sair da mente e abrir o coração para perceber o olhar dos Indianos, para perceber a tamanha confiança na vida e no homem, para perceber a felicidade e alegria que esse povo demonstra.
Enquanto estava olhando a sujeira perdia a sensibilidade no olhar...
As pessoas olham profundamente pra você enquanto você fala, não desviam o olhar, como nós (ocidentais), que fugimos do olhar de quem nos fala. Talvez tenhamos medo ou vergonha de que possam perceber o quanto somos falsos ou não confiáveis.

O Trânsito
O trânsito é caótico por pelo menos 19h por dia. Parece que a buzina só não é ouvida entre meia noite e cinco da manhã. As ruas são movimentadas e observamos carros, motos, riquishaws (uma espécie de moto-táxi), bicicletas, pessoas, elefantes, camelos, vacas e macacos por todo o canto. Mas o mais impressionante é que tudo isso dentro de uma harmonia de causar inveja a qualquer ocidental estressado. Não há discussão no trânsito e todo mundo se entende.

Silêncio
Se você vai à procura de silêncio desista da Índia. Esse é um País barulhento. Uma multidão de pessoas está sempre ao seu lado onde quer que você vá, onde quer que você esteja e, se você desejar permanecer silencioso, só mesmo nas montanhas.

É impressionante a quantidade de templos espalhados pela Índia. Em cada rua, em cada esquina você encontra um pequeno templo. E se você pensa que não haverá ninguém lá, engana-se. Todos os dias eles cantam mantras e prestam suas reverências a diversos Deuses. Eu disse todos os dias – as mesmas pessoas em cada templo. Completamente diferente daqui, onde as pessoas vão cumprir apenas uma obrigação aos domingos por uma determinada hora e se esquecem Dele durante o restante da semana.

Yoga
É difícil encontrar algum local para praticar Yoga na Índia, pelo menos Yoga no sentido que conhecemos – Hatha Yoga.
Só fui encontrar Hatha Yoga em Rishikesh – norte da Índia (capital mundial do Yoga) e, assim mesmo, só Ocidental pratica.
Pude perceber que a Yoga dos Indianos é devocional.

Enfim, pude confirmar o que Osho disse em algum momento: “O Ocidente está se virando para o Oriente com muitas pessoas buscando o crescimento espiritual e, o Oriente, por sua vez, está se virando para o Ocidente com muitas pessoas buscando o crescimento material”.

Por um momento penso que a inocência, a verdade e a fé encontrada na Índia - infelizmente - estão com os dias contados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário