10 de jan de 2016

Agenda

Invocação da Paz

“Que possam todos os seres, em todos os lugares, aos quais estamos inseparavelmente interconectados, estarem realizados, despertos e livres. Que haja paz nesse mundo e em todo o universo, e que possamos, todos juntos, completar a jornada espiritual”.


Agenda
Setembro 2017


Retiro de Yoga / Ashram Vrajabhumi
Dias 28, 29 e 30 de Abril de 2017 / Teresópolis
com Guilherme Jenné 
Informações email: guilhermejenneyoga@gmail.com
Whatsapp (Guilherme Jenné): 21-993633567

Inscrições abertas / Faça sua inscrição


Meditação em Noite de Lua Cheia
Pedra Bonita - São Conrado (RJ)
com Guilherme Jenné
Informações: guilhermejenneyoga@gmail.com
Whatsapp (Guilherme Jenné): 21-993633567


Satsang
pelos Caminhos de Buda
Encontros na Barra da Tijuca
com Guilherme Jenné
informações: guilhermejenneyoga@gmail.com
Whatsapp (Guilherme Jenné): 21-993633567

Sextas feiras
Informe-se e reserve sua vaga!!!


Yoga ao ar livre
Condomínio Parque Marapendi
Aulas na Barra da Tijuca (RJ)
com Guilherme Jenné
Informações: guilhermejenneyoga@gmail.com
Whatsapp (Guilherme Jenné): 21-993633567

Aos sábados
Informe-se e reserve sua vaga


Caminhadas / Praias e Cachoeiras
Trilhas do Rio e fora do Rio
com Guilherme Jenné & Monica Vidigall
Informações: guilhermejenneyoga@gmail.com
Whatsapp (Guilherme Jenné): 21-993633567


Campo de Meditação
um dia inteiro dedicado as meditações ativas (Osho)
com Guilherme Jenné
informações: guilhermejenneyoga@gmail.com
Whatsapp (Guilherme Jenné): 21-993633567


* Maiores informações acesse a pasta EVENTOS no menu principal




Contatos:
Guilherme Jenné - guilhermejenneyoga@gmail.com
021 993633567


Que todos os seres experimentem a paz e se libertem do sofrimento

Namastê
Monica Vidigall & Guilherme Jenné

19 de jun de 2015

Torne-se o verdadeiro você


Relaxe seus olhos... E comece a observar a sua respiração... Procure observar a sua respiração com Plena Atenção momento a momento... Chegue ao momento presente... Relaxe...
A prática da meditação cultiva a Plena Atenção momento a momento. Quando estamos conscientes, é significativamente menos provável que tenhamos uma reação reflexa diante de todos os botões emocionais, que nos foram implantados por eventos e comportamentos passados.
Nenhum de nós quer passar pela vida reagindo inconscientemente em função de antigos condicionamentos e preconceitos distorcidos do passado. Todos já passamos, por exemplo, pela experiência de dizer alguma coisa sem pensar, coisas que ouvimos nossos pais dizerem; essa é uma das maneiras pelas quais o preconceito e a intolerância são passadas adiante.
A Plena Atenção nos ajuda a nos relacionarmos com os outros de uma maneira que é possível sermos mais leais com quem realmente queremos ser; ajuda a sermos mais autênticos, o que, por sua vez, nos auxilia a conectar nossos relacionamentos à realidade presente e ao tempo atual.
Aplicar esse nível de consciência às nossas interações com os outros não significa que estamos simulando, manipulando ou tentando ser falsos com nossos sentimentos e emoções. Estamos simplesmente tentando ser mais atentos, compassivos e virtuosos – mais parecidos com um Buda em tudo o que fazemos.
Cada um de nós, no fundo, é um Buda – um ser desperto. Todos somos Budas. Cada um de nós possui inerentemente a compaixão e o amor de um Buda; cada um de nós possui a virtude e a moralidade de um Buda; cada um de nós possui a paciência, a aceitação e a tolerância de um Buda; cada um de nós possui a concentração e os poderes meditativos de um Buda; cada um de nós possui dentro de si a sabedoria de um Buda em potencial. Tudo isso está latente dentro de nós. Tudo o que temos a fazer é deixar desabrochar o nosso tesouro espiritual interior.
A meditação é uma técnica que nos ajuda a retornar à nossa natureza fundamental, original – a nossa natureza de Buda. O que estamos fazendo aqui, neste espaço, neste exato momento, é praticar para reagir a tudo na vida a partir desse núcleo básico de bondade essencial. Estamos treinando para abandonar as ilusões, fantasias e distrações que confundem a nossa vida; estamos aprendendo a desistir das reações e hábitos condicionados que nos impedem de prosseguir.
A prática da meditação é uma ferramenta que nos ajuda a abandonar os espinhos do condicionamento e ajuda a descobrir o belo, sábio e amoroso Buda enterrado debaixo da lama. Percebeu que maravilhoso? A prática da meditação nos ajuda a abandonar nossa raiva, nossos ressentimentos, nossa ambição, nosso ciúme, nossa arrogância e a descobrir nossa verdadeira natureza – nossa bondade amorosa, nosso amor e compaixão, enterrados sob essa lama, sob essa imensa escuridão. Esse é o verdadeiro você.
Se você quiser saber como reagir e o que fazer em cada situação da vida, pergunte a si mesmo como um Buda reagiria – o que um Buda faria? Se quiser saber o que fazer na vida, pergunte a si mesmo o que a Sabedoria e o amor fariam em uma situação assim. Quando principiamos com essa base, essa intenção, começamos a criar um modelo, um gabarito, para a maneira como nos relacionamos com as outras pessoas.
Sem dúvida a vida é difícil. Cabe a nós tentar torná-la mais fácil e feliz – tanto para os outros quanto para nós mesmos, para que todos possamos ter o que precisamos e almejamos. Essas são as intenções de um Buda.